/

lyrics

que mais me queimasse na pele
escrevesse em carvão o meu pesar
mostrasse ao mundo o quanto o tempo ousou passar

e mais afirmasse embora em vão
de astucia e contenção
assim se armou
mas sem paz

que tens?
se é a recompensa que incita o teu andar
recorda a cruz que marca a meta e o parar

sem mais
aplauso ou conforto, sem mais

plateia para acarinhar
o teu ego, sem mais

que a morte é cega e fria e da vaidade, tende a ser má amante
e repousa na tua laje o mesmo pó, que varremos do chão

que varremos do chão

se o sorrir te aquecer o tempo que tens
que na certa te escapa e escasseia
então faz favor de amiúde substituir com ele o teu esgar

credits

from A areia na engrenagem, released December 24, 2015

tags

license

about

HANGING BY A NAME Coimbra, Portugal

HANGING BY A NAME is first and foremost the result of the collaboration of the three musicians that make up the band. Duarte Feliciano (Guitar and Vocals), Adílio Sousa (Bass Guitar) and Renato Costa (Drums) are a trio by choice, not by accident. A complex alternative power rock framework, that aggregates music with literature, visual arts giving birth to something new and full of individuality. ... more

contact / help

Contact HANGING BY A NAME

Streaming and
Download help